Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alter Ego

Hidden side of the moon... Reverse is the right side.

Hidden side of the moon... Reverse is the right side.

Alter Ego

22
Abr19

Viagem...inicio


Laura Antunes

...Demorei imenso tempo com pensamentos e divagações...sentia-me angustiada...desiludida.

Em minutos toda a minha expectativa sobre o fim de semana se tornou...ácida.

Senti como uma imensa desilusão não me teres permitindo continuar as projecções românticas que alimentavam os meus dias e sonhos...senti-me defraudada e ainda estava a 48 horas de sair de casa.

Sentia-me triste...com saudades tuas...de conversar ...

Uma lágrima teimosa caiu na almofada e uma voz interior consolava-me e dizia-me para não deixar que aquilo me tirasse o sono e os sonhos... a voz embalou-me e acabei por adormecer.

Acordei de madrugada...acontecia-me cada vez mais...completamente desperta, revi mentalmente a conversa...ías mandar um email com "instruções"...esse termo começava a mexer-me com os nervos...era aguardar pelo mail...talvez não me apetecesse ser...instruída...o meu lado rebelde tinha acordado, o meu feitio agressivo também.

Andei às voltas na cama até à hora de me levantar...cansada, olheirenta e mal disposta, levantei-me para ir trabalhar...queria puder ficar na cama...o corpo acabaria por desistir da luta e sucumbiria...já a mente, nem em sonhos o fazia...

Ter a obrigação de sair da cama era uma benção em dias como aquele.

Demorei o dobro do tempo habitual a arranjar-me e fazer tudo o que precisava...as conjecturas da mente atrasavam-me os movimentos e tornavam as rotinas ainda mais penosas...saí atrasada, a correr... o que ainda piorou o meu humor e estado de espirito.

O atraso foi pequeno e inócuo.

Liguei o computador para iniciar o dia de trabalho...impaciente para ver o email...perdi a conta às vezes que tinha olhado para o telemóvel, apenas para confimar o silêncio.

Silêncio que se estendia ao email...começava a questionar interiormente o sentido daquilo...a falta dele...para mim.

Tinha decisões a tomar que não podiam ficar pendentes de caprichos...a pressão trouxe-me alguma lucidez...com ou sem email, iria seguir com os meus planos...se as coisas corressem mal...no pior cenário, haveria sempre comboios para o Porto...e taxis e Uber em Lisboa...

Preparei a nota interna a comunicar a minha ausência no dia seguinte, liguei para o hotel canino a confirmar a entrega do meu cão para depois do almoço de amanhã e mandei mensagem à minha amiga a dizer que estaria na casa dela por volta das 16.30h do dia seguinte.

Tudo tratado, senti-me menos stressada.

Chegaram entretanto utentes que me distrairam os pensamentos e ajudaram a passar a manhã.

O telemóvel continuava mudo...como o email...como eu, bem vistas as coisas...nada me impedia de tomar a iniciativa...ligar e pedir satisfações...no entanto faze-lo não se apresentava sequer como uma possibilidade.

Não precisavas dizer ou agir para te fazeres obedecer...nem sequer estar presente.

Parecia que obedecia a um acordo tácito...inviolável...nunca falado mas assimilado por intuição.

Faltavam dez minutos para a hora de almoço, a biblioteca vazia...acendeu-se no computador o icone de novo mail recebido...o meu coração diaparou mais frenético que a luz de aviso no pc.

Abri-o...era teu...depois do que me pareceu uma eternidade a mensagem estava diante dos meus olhos :

" Agora que consegui a atenção da menina e que suspendeu as fantasias, amanhã aguardo-a em Santa Apolónia.

Faça uma boa viagem.

P.S Tente não ficar embasbacada a olhar-me...lembre-se que não a conheço."

Corei...como era possivel ser tão transparente?

Ri-me...Eras terrivel!

Mordi o lábio e revirei os olhos...Havia necessidade daquela encenação? as fantasias não se podiam cingir a quatro paredes?

Saí para almoçar...

Não sei o que comi nem como passei as três horas seguintes...o meu corpo estava onde tinha obrigação de estar...os meus pensamentos vaguearam o tempo todo...chegaram sem mim...24horas adiantados a Lisboa...e só com bilhete de ida.

@LuzEmMim

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D