Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alter Ego

Hidden side of the moon... Reverse is the right side.

Hidden side of the moon... Reverse is the right side.

Alter Ego

11
Abr19

Pacto


Laura Antunes

... " gostas...temo que ao descobrires-lhe o real sabor a tua opinião mude..."

Eu sabia ser esse o teu maior receio...pressenti-o antes de o admitires...intuía uma cicatriz no teu passado...recente ou mal curada, ninguém passa incólume pela vida.

" - vais ter de descobrir...e confiar..."

Sentia-te um pouco ausente, absorto em pensamentos...talvez em retrospectiva de alguma coisa. 

Eu respeitava esse tempo e esse silêncio.

No teu tempo e ao teu ritmo continuaste:

"...a questão é essa mesmo Laura...confiança. Tu és capaz de confiar?"

Sabia que esse era o meu ponto fraco...não podia nem queria mentir-te:

" - ...quero muito poder faze-lo..."

"...queres...mas consegues? propões-te faze-lo?"

" - ... Emanuel...confiança está implicito numa relação...se não te propões a isso nem vale o esforço...não vamos falar agora, não hoje, do meu passado, que existe, que deixou marcas...onde muita coisa correu mal...podemos falar disso um dia, quando se proporcionar, disso e de tudo...a não ser assim nada faz sentido. Tenho de sentir que diante de ti posso ser um livro aberto e que mesmo não tendo lido ainda as páginas todas, vais aceitar o que fores descobrindo...sem eu temer que algum dia uses o que te confidencie, o que te deixe conhecer, como arma...

Se isso me é facil? não, nunca será...vai contra a minha génese, contra as defesas que fui criando, mas ou arrisco ou desisto...e eu não vou desistir...

Continuei:

 ...e tu, confias?"

A tua resposta não foi imediata, mas foi clara:

"...se vamos continuar com isto...preciso de o fazer.

Percebo o teu ponto de vista...quero ser o teu espaço de liberdade...quero que sejas o meu e para isso acontecer a base é a confiança.

Tenho de te mostrar as minhas sombras e conhecer as tuas...sem medos, sem jogos.

Tens de saber que tenho dias maus...muito maus... em que não vais saber nada de mim e se souberes não vais gostar do que vês...vou ser incoerente, porque vou estar num estado alterado de consciencia...porque não o consigo evitar...ou porque preciso desses momentos, não sei ainda...mas vais ter de o aceitar.

Outros dias vou-te parecer um desdobramento de mim mesmo... um estranho no meu próprio corpo que vai agir como se me fosses desconhecida e tratar-te como tal...vou fazer-te exigencias e provavelmente magoar-te...vais conseguir viver assim?"

Respondi com sinceridade: " - não sei!"

Senti a tensão instalar-se e um brilho metalico trespassar-te o olhar quando me dirigiste em voz dura:

" mas tens de saber Laura...nisto não podem sobreviver duvidas...não tens certezas, ficamos onde estamos.

Fazes o quê depois? pedes-me desculpa e viras costas ou acusas-me de ser uma besta?"

Tinha acabado de perceber a dimensão que aquela duvida podia ter...

Estavas a ser integro, eu devia-te o mesmo:

" - tens razão...mas eu não sou nem nunca serei o que tu chamas de submissa...eu sou o oposto...pergunto-te: e tu, consegues viver com isso?

Fazes o quê a seguir? pedes-me desculpa e viras costas ou acusas-me de não ser adequada?"

A questão ficou a pairar...como uma faca de dois gumes em cima das nossas cabeças.

Um casal alfa a avaliar-se mutuamente...

Magicamente, no cimo daquelas serras um lobo uivou...outro respondeu e os dois em dueto inundaram a montanha de algo muito mais grandioso que ela própria...duas forças que a solo fazem barulho e unidas uma sinfonia.

O universo dá-nos sinais e aquele foi perceptivel a ambos dispensando mais argumentos.

Não precisamos trocar mais palavras, as dúvidas eram agora certezas...demos as mãos e selamos aquele pacto com um beijo... um laço inviolavel criara -se entre nós naquela noite que o dia surpreendeu, ambos testemunhas da nossa decisão silenciosa e irrevogável.

Vimos o nascer do sol abraçados dentro do carro.

Felizes, decidimos ir tomar o pequeno almoço à Pousada que abrira entretanto.

@LuzEmMim

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D